BANCO DE COURO
Os consumidores que pensam em revestir o banco do carro com couro devem estar atentos à qualidade do produto a ser adquirido.
 
Algumas dicas podem facilitar a escolha por um material legítimo e que tenha durabilidade:

  1 - A cor do couro, por exemplo, deve ser a mesma tanto na frente quanto no verso. Desconfie se ele apresentar cores diferentes, pois pode ser um sinal de que o processo de "varação", período que a tinta leva para atravessar o couro, não foi feito adequadamente, podendo desbotar no futuro.
 
  2 - As “raspas de couro” é um subproduto do couro e por este motivo não pode ser considerado um produto legítimo. Empresas que cobram preços muito inferiores aos praticados no mercado podem estar comercializando este tipo de material.
 
  3 - Produtos como camurça sintética, vinil e plástico também podem ser oferecidos como couro e ter valor reduzido.
 
  4 - Escolher a empresa responsável pela instalação também é importante para garantir a qualidade do couro.
 
  5 - O prazo de garantia oferecido deve ser superior a um ano, pois os defeitos da matéria-prima e imperfeições da instalação só começam a aparecer depois de seis meses de uso. 
 
  6 - A instalação deve primar por um bom acabamento, o revestimento em couro não pode apresentar rugas ou sobras, devendo seguir as angulações de cada banco e partes, como o encosto de cabeça, precisam ser costuradas a mão.
Direitos reservados a AUTO CAPAS N.S. APARECIDA - Rua Rockefeller, 1264 - 41-3332-2737 - Rebouças - Curitiba - Pr.
Website desenvolvido por BR GIGA Design